Skip to content

Poema: Ácratas jovens

11 de outubro de 2007

Para agora
Velho mundo
Que existia
Está a ponto de morrer
E o sonho
Que tivemos
Pode se tornar real…

Tudo
É possível
Na terra do impossível
São só possibilidades
São só possibilidades
O que torna meu universo infinito e imortal.

Quando ele saiu de casa
Sabia que iria voltar
Pois lá, na sua casa
Sabia por todos ser querido.

Diga te amo às vezes
Diga te amos às vezes
Tudo é possível então…

Se eu quiser dar um passeio
Não vou cruzar fronteira
Vou só caminhar com meus pés
Vou caminhar com meus pés.

Fábio R. (já não lembro a data, mas escrevi faz tempo)
digitado e publicado no blog em 11/10/2007

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: