Pular para o conteúdo

Versão revista da peça teatral "Zumbi Gracioso"

12 de novembro de 2006

TEATRO: “ZUMBI GRACIOSO”


para apresentação dia 17 de novembro de 2006 no teatro do CEU PERUS, comemorando o Dia da Consciência Negra – 20 de novembro.
Texto de BRUNO e DIANA da 8ª série A – Escola XXXX
Orientação e modificações: professor Fábio R.

1ª Cena: O senhor sentado vendo o algodão sendo colhido pelos escravos. (música “Zumbi” do Jorge bem Jor ou “Retirantes” de Dorival Caymmi)

Diálogo entre escravos:

———– Vivemos na escravidão. Somos tratados como animais.

———– Trabalhamos tanto e não ganhamos nada. Nem comida boa temos.

———– Devemos fugir para um lugar melhor.

———– E existe este lugar?

———– Existe o quilombo. Irei para lá. No quilombo todos são livres. O rei é Ganga Zumba, bom com todos. E seu general é Zumbi.

———– Já ouvi falar dele.

———– Vou para o quilombo lutar com Zumbi para libertar todos os escravos.

(um escravo foge, mas é recapturado pelo capitão do mato)

2ª Cena: Feitor prende um escravo fujão. Pede a ordem do senhor para castiga-lo com chicotadas. Tem a ordem e vai ao tronco onde prende o escravo e lhe dá 50 chicotadas.

Diálogo entre feitor e o Barão senhor dos escravos

Feitor_ O escravo está no tronco esperando a decisão do barão e se deixar o escravo que está no troco sem castigo os outros escravos vão acreditar na história que ele está contando e vai querer fugir.

Barão_Está bem. Deite 20 chibatadas.

Feitor_Me disculpe, Barão, mas 20 chibatadas não vai nem fazer riscos nas costas dele!

Barão_Está bem! deite-lhe 50 chibatadas.

Narrador_Logo depois o feitor foi dar as 50 chibatadas, enquanto isso a baronesa estava falando com o barão. Começa um toque de música.

Baronesa_Mas já vai começar com essa cantoria!a.

Barão_Se voce não gosta deste barulho tampe os ouvidos com algodão, Candida.

(toca a música Homeless, de Paul Simon, do seriado Raízes)

3ª Cena: No quilombo Zumbi planeja com os irmãos a invasão da fazenda e libertação dos escravos. Ganga Zumba não concorda e quer aceitar acordo de paz com Portugal. Por isso os dois começam a brigar. Depois disso, Ganga Zumba morre misteriosamente.

Diálogo no Quilombo.

Um irmão do quilombo entrega uma carta para o Rei Ganga Zumba:

“Senhor Ganga Zumba. O Rei de Portugal te propõe um acordo de paz com o quilombo de Palmares. Todos os nascidos no quilombo ficarão livres, os outros não.”

Ganga Zumba lê a carta.

Logo chega seu sobrinho Zumbi – Tio Ganga Zumba, vamos invadir a fazenda e libertar nossos irmãos.

Ganga – Isso não é possível. Estamos negociando a paz com Portugal.

Zumbi – Que paz que nada. Precisamos soltar nossos irmãos.

Ganga – Uma guerra só vai trazer dor.

Zumbi – Não é justo que fiquemos em paz enquanto tantos padecem escravidão.

Ganga – Também não é justo que tantos morram pelo bem de outros. Precisamos de paz.

Zumbi – A paz não traz igualdade. Esta paz é injusto, pois é para poucos. Precisamos de guerra.

Partidários de Zumbi e de Ganga Zumba se dividem, gritando de um lado “Paz” e de outro “Guerra”.

Chega Dandara, esposa de Zumbi.

Dandara – Que é isso Zumbi! Como briga com seu tio?

Zumbi – Ganga Zumba pensa com a razão, mas erra. A liberdade tem que ser para todos.

Ganga Zumba – Dandara, explique para seu marido que a guerra irá destruir Palmares. O melhor caminho é do negociação. A paz é sempre o melhor caminho.

Dandara – Zumbi, não brigue com seu tio. Vamos reunir um conselho e discutir este assunto. Vivemos para a felicidade e não para a dor. Se for possível, lutaremos também por nossos irmãos que estão escravizados, mas precisamos lutar juntos. Desunidos seremos fracos. Vamos! Façam as pazes.

Cena da Morte: Uma irmã do quilombo leva uma bebida para Ganga Zumba, que cai morto misteriosamente.

cena enterro de Ganga Zumba e coroação de Zumbi – Ganga Zumba está morto. Longa vida a Zumbi, nosso Rei

(toca música de capoeira. Afoxé de Dorival Caymmi)

4ª Cena: Os negros estão nas senzalas na roda de capoeira, que é a única diversão deles, o momento de alegria e lembranças; (tocar músicas de capoeira); Chega Zumbi e os irmãos do quilombo para libertá-los. O senhor descobre e manda o feitor ir atrás deles, mas eles conseguem fugir em segurança.

(toca música “Monólogo ao pé do ouvido” da Nação Zumbi, para ilustrar o ataque)
cena Ataque à fazenda, para libertar escravos. Feitor avisa o senhor:

Feitor – Chefe, tenho péssimas notícias. A fazenda está sendo invadida pelos negros quilombolas. (sai correndo com uma arma).

Senhor está preocupado. Baronesa chega assustada.

Baronesa – O que está acontecendo.

Senhor – Prepare-se. Fomos invadidos pelo capitão Zumbi.

5ª Cena: Eles chegam ao quilombo pela manhã. Com muita alegria são recebidos e festejam a liberdade com parentes, amigos e é claro com Zumbi.

(música final – “Cangoma me chamou (ouça)” de Clementina de Jesus, ou interpretada pelo grupo Mawaca)
cena final – Festa em Palmares.

– Cantos, dança e capoeira.

Narrador conta história de Palmares no alto-falante (deixar música afro com volume baixo no fundo, depois aumentar o volume – talvez usar “spirit of the forest” dos pigmeus Baka Beyond )

Narrador – O quilombo de Palmares resistiu durante quase dois séculos, tendo sido destruído apenas em 1710, após ataques do capitão do mato Domingos Jorge Velho. Zumbi morreu, mas seu sonho de justiça e liberdade continua vivo nos corações de todos os brasileiros.

PERSONAGENS:
Dandara: Diana
Senhor: Bruno
Baronesa: Marriete
Feitor:
Capitão do Mato: Tamara
Escravo Fujão: Davidson /// Rafael
Zumbi: Welverson
Tio (Ganga Zumba): Vicente

Irmãos do Quilombo: Leonardo, Eric, Tamara

Contra-regra:

Convidados: Guerreiros do Brasil, Universo Capoeira

—-

cena suprimida (após 2ª cena)
Narrador_No dia seguinte 3 escravos fugiram e um foi pego,o barão foi eté a senzala e perguntou para o escravo:

Barão_cadê os outros dois?

Narrador_O escravo não responde e o barão fica irritado, pega o chicote começa a bater no escravo. Acaba furando o olho do escravo.
Terceira parte

48 Comentários leave one →
  1. Vera Cardoso Link Permanente
    12 de outubro de 2008 19:33

    è maravilhoso o trabalho que esses alunos desenvolveram.Estava procurando na internet algo sobre peça teatral e me foi de grande valia.Sou professora e estou apaixonada por este trabalho.Parabéns.

  2. 4 de novembro de 2008 18:34

    Oiiiiieee Gostei muito da peça … O trabalho dos alunos e magnifico

  3. 5 de novembro de 2008 12:35

    trabalhei apeça com meus alunos na escola mul davi alves silva também foi só sucesso.

  4. 11 de novembro de 2008 14:01

    Oiiii Gostaria de dizer que essa peça e maravilhosa , e estava procurando um trabalho mais ou menos assim ainda bem que vi esse site me ajudou muito obrigada

  5. Azuir Ferreira Tavares Filho Link Permanente
    12 de dezembro de 2008 14:02

    Somos um Povo herdeiros de um passado de 350 anos de escravidáo a maior aberracáo da Humanidade, do humano subjugar seu semelhante e o explorar forcado.
    Quando vemos um texto falando em Justica, Direito e Amos nos sensibilizamos e pensamos um munte de carinho e admiracáo por seus autores mas, ficamos na nossa timidez e náo nos expressamos.
    Fomos \Educados a náo manifestar nada mas aprovamos e lemos com amor e carinho.
    Cada autor que tenha coragem de defender a Liberdade o amor e a Igualdade tem muitos admiradores calados mais cheios de orgulho desta nossa gente que é humana e Amiga e que chegando a Decisáo mostra que é valorosa e gerreira e que smepre dá conta da sua missáo.
    Parabéns por este trabalho táo admirável.
    Receba tambem o carinho de tanta gente humilde que nem pode se manifestar.
    Azuir do Overmundo

    • DEJAILSON Link Permanente
      12 de novembro de 2010 16:15

      ACHEI OTIMO ESSE TRABALHO POIS ATRAVES DELE CONSEGUI DESENVOLVER O MEU, ESPERO QUE CONTINUE DESTA FORMA…

  6. 21 de julho de 2009 13:16

    Adorei muito imteresante estão de parabens
    bom trabalho feito mulll parabens p´ra vcs☻

  7. jessica Link Permanente
    26 de agosto de 2009 17:47

    oi adorei o trabalho de vcs
    se tiverem outras peças de teeatro desse assunto adoraria recebe-las
    ppois estou pricisando com urgencia
    obrigada

  8. Lidiane Link Permanente
    27 de outubro de 2009 20:42

    Parabéns pelo trabalho. É realmente lindo.
    Fico muito feliz em saber que temos alunos com tal capacidade.
    Gostaria de trabalhar este texto com meu grupo de alunos, gostaria de saber se posso usá-lo.

    Aguardo uma resposta por e-mail
    Grata

  9. Vitor Bruno Link Permanente
    4 de novembro de 2009 02:38

    Parabéns por esse trabalho maravilhoso que vocês fizeram. Sou professor de teatro e estava procurando uma peça à altura da escola em que trabalho, mas não achava nada, estava desesperado!!! (Crazy) Graças a DEUS achei esse trabalho empolgante, muito obrigado!

  10. evelyn leandro Link Permanente
    16 de novembro de 2009 20:56

    ah amei a peça vou até colar ela pra fazer uma na minha escola
    gostei da criatividade!
    parabéns

  11. eline da Silva Andrade Link Permanente
    17 de novembro de 2009 12:59

    Quero parabenizá-los por esse trabalho perfeito que vocês desenvolveram ,poís todos nós somos descendentes de negros e muitos não sabem nem o porque da consciência negra e assuntos relacionados a isso .Estava procurando para a nossa turma do meu curso fazer e não encontrava uma com um nível como essa que bom que vocês colocaram sou branca mas adoro os negras e assuntos do género!!!

    ASS:Eline

  12. 20 de novembro de 2009 17:40

    essa peça é otima boa d++++++++++++++++

  13. 20 de novembro de 2009 17:41

    essa peça é otima boa d++++++++++++++++ok

  14. 22 de junho de 2010 22:17

    nossa… amei essa peça… parabens a vcs q inventaram!!!!!!!
    d++++++++…

  15. natalia rsss Link Permanente
    18 de outubro de 2010 19:24

    gostei muito da peça e se fosse possivel enviar uma peça pra mim abordando esse assunto eu seria eternamente grata.

  16. adriele Link Permanente
    28 de outubro de 2010 14:17

    legl

  17. leticia Link Permanente
    1 de novembro de 2010 18:41

    adoreii a peça!
    vou atéh fazer uma igual na minha escola!

    ♪ valeu, valeu! ♫

  18. Kamila Santos Link Permanente
    4 de novembro de 2010 05:07

    Parabéns adorei o trabalho de vocês

  19. 5 de novembro de 2010 00:17

    Na sociedade que vivemos hoje se ouve de tudo, mas o que doi mais é saber que ainda existe pessoas que se sente como um grande poder criticando, excluindo, e ainda existe o racismo. É uma pena pois quem pode fazer critica é apenas a pessoa perfeita e nós só temos Deus como um exemplo de perfeição

  20. Adriana Soares Rozatti. Link Permanente
    10 de novembro de 2010 15:34

    Amei esse teatro.Parabéns!!

  21. 16 de novembro de 2010 20:39

    O TEATRO È MUITO RICO, GOSTEI MUITO .PARABÈNS.

  22. 22 de novembro de 2010 17:59

    muito legal esta peça!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!111

  23. 22 de novembro de 2010 18:31

    sou vida loka e quase preto
    …………….

  24. 22 de novembro de 2010 18:32

    vidda lokka

  25. 7 de dezembro de 2010 19:53

    eu vou poder representar essa pessoa no dia 10/12/2010

  26. 24 de março de 2011 16:58

    Prabéns !!!! Muito bom saber que existem jovens inovadores…

  27. Elisangela Link Permanente
    31 de agosto de 2011 19:52

    Ola, sou Elisangela do grupo de capoeira Filhos da Corrente de Parelheiros, Nossa, Adorei a peça de vcs pena que não tem video na net.
    Estou trabalhando com as crianças o 20 de Novembro e acho que vou usar essa peça de vcs mais com alguma adaptaçoes.

    • 1 de setembro de 2011 08:08

      Que bom que gostou da peça Zumbi Gracioso. O texto está liberado para uso, é copyleft.

      Existe um video na internet, mas não esta bem gravado. Serve apenas como registro:

      Caso faça sua versão, por favor nos envie a gravação. Também adoraria ver seu grupo de capoeira em ação.

  28. gabriel Link Permanente
    11 de setembro de 2011 00:16

    vou tentar fazer parecido e gostei da peça teatral valeu obrigado

  29. guilherme Link Permanente
    17 de outubro de 2011 15:43

    muito maneiro , vamos fazer essa peça na escola

    • tainan nicacios dos santos Link Permanente
      8 de novembro de 2012 15:18

      Nossa, nossa, chegou na hora certa, era isso que procurava. Parabéns! Me ajudou muitto…..

  30. 27 de outubro de 2011 10:16

    muito bom, bem feito magnifico

  31. 18 de novembro de 2011 09:03

    Esse texto é muito bom
    Bom de mais
    Ele e muito bom de trabalhar

  32. 24 de novembro de 2011 00:45

    nossa vocês foram muito bons vocês estavam otimos na peça maravilhoso adorei amei vocês são muitos espertos muito mesmo parabéns

  33. 4 de abril de 2012 10:59

    muito bommmmmmmm

  34. 9 de outubro de 2012 12:36

    vou usar hoje pra curso de tatro

  35. 11 de novembro de 2012 23:56

    gosteii mtoo, vou fazer ela dia 20 agora.

  36. 16 de novembro de 2012 13:29

    Fiz uma releitura dessa peça nesse ano de 2012 junto com meus alunos em Manaus. Ficou bem interessante. Caso queiram assitir, o link é http://www.youtube.com/watch?v=-IugVXDWKcY

  37. 21 de novembro de 2012 13:34

    Parabéns, sou aluna do 6º ano e vamos apresentar a peça, tenho certeza que vai ser um sucesso…

  38. Daiele Martins Link Permanente
    13 de agosto de 2013 13:00

    Muito bacana a iniciativa!
    Daiele

  39. r.10.01.1982 Link Permanente
    18 de outubro de 2013 11:37

    em minha escola fizemos essa peça fiz o papel de dandara foi muito legal, amei fazer o papel dela, essa pessa foi muito oooooooooooooooooooottimaaaaaaaaaaaaaaaa

Trackbacks

  1. Este blog em 2010: analise feita pelo worldpress « ekalaFabio tentando desfragmentar
  2. Teatro Zumbi Gracioso (1ª encenação) « ekalaFabio tentando desfragmentar
  3. No Teatro do CEU – Consciência Negra « ekalaFabio tentando desfragmentar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: